Carteira de Motorista

E eis que quase um ano depois de chegado no Canada, agora estou devidamente documentado para dirigir.

Quando chegamos o DriveTest, orgao que regula os testes e emissao de habilitacao em Ontario, estava em greve. A tal greve so foi acabar dia 4 de janeiro, mais de 3 meses depois que chegamos, so que ai ja era inverno e como eu nao tinha pressa pra tirar habilitacao achei melhor ir atras disso depois do inverno. Primavera veio e como nao era prioridade fui deixando pra la ate que em agosto, mais de meio verao adentro, resolvi que tava passando da hora de ir atras.

Primeiro passo eh ir traducao da carteira de motorista em um consulado mais proximo de voce, no nosso caso de Ottawa, na Embaixada. Se nao tem nem um nem outro eu nao sei como faz, quando fazia parte de listas de discussao lembro de algumas pessoas que moram em cidades mais afastadas dizendo que o departamento de habilitacao nao tinha aceitado traducao “normal”. Sei que tem um consulado brasileiro intinerante que vai nas cidades de provincias mais distante por alguns dias, mas nao sei dos detalhes. O custo da traducao eh de $18.5 + custo da money order e aqui na Embaixada eles dao o prazo de 3 dias uteis. Esse documento so eh valido por 3 meses e no meu caso tive que tira-lo novamente.

Munido da traducao da carteira eh bom estudar a teoria por uns dias. Voce pode comprar o Driver’s Handbook na maioria das farmacias, supermercados e bancas de revista por volta de $18, mas se nao quiser gastar pode estudar online pelo Official Handbook web site tambem. Eu comprei o livro mas perdi antes de comecar a estudar, entao o jeito foi dar uma olhada online mesmo, eu so estudei uma manha e a tarde fui fazer a prova. O teste teorico nao precisa ser agendado, eh so chegar e fazer e custa $10 dolares por tentativa. Sao duas provas de 20 questoes cada, onde voce pode errar no maximo 4 em cada prova, sendo uma prova de legislacao e a outra de sinalizacao. Passando no exame teorico voce ja sai em posse da G1, a carteira de aprendiz que so da direito a dirigir na companhia de alguem que tenha um habilitacao “G full” por no minimo 4 anos e mais uma serie de restricoes. Ja eh uma boa deixar agendado o Road Test, atualmente esta levando em media 30 dias para conseguir data, ainda reflexo da greve do ano passado, mas se quiser agendar depois pode ser feito online tambem. Voce tem a opcao de fazer o teste de direcao para a categoria seguinte, a G2, ou para a “Full G”, chamada simplesmente de “G”. A G2 ainda tem alguma limitacoes que nao sei exatamente quais, mas o teste de direcao eh menos rigoroso.

Eu aconselho tomar pelo menos uma aula antes com um instrutor mesmo sendo experiente no Brasil porque alem de algumas regrinhas diferentes das nossas, no teste de direcao sao cobrados coisas que ninguem usa/obedece no dia a dia. Entao mesmo se voce tiver um amigo com 20 anos de direcao no Canada disposto a lhe dar umas aulas e ele nao souber as “manhas” voce tem grandes chances de se dar mal no teste. Todo mundo so fala dos blind spots, que tem que checar por cima do ombro e retrovisores de 2 em 2 segundos e tal, mas tinham algumas coisas que eu nao fazia ideia. Por exemplo, foi duro acostumar deixar uma distancia de um carro inteiro para o carro da frente ao parar no sinal vermelho, levei alguns puxoes de orelha ate aprender. E algumas pequenas coisas como dirigir com as duas maos na direcao. Mas segundo o instrutor que peguei, o mais importante, tirando os erros mais fatais e obvios como cruzar um sinal vermelho(ou quase), ultrapassar a velocidade permitida ou nao dar a vez para o pedestre, eh a entrada e saida da Highway. O instrutor do Luciano tambem falou o mesmo, ao entrar na Highway voce tem que estar na velocidade (permitida) dos demais, ou seja 100km/h ja, coisa que geralmente fazia ao contrario, vai se entrando com cuidado e acelerando aos poucos. Mas como disse, o certo eh entrar acelarado ja e com cuidado. Ao sair da Highway tambem eh importante nao desacelerar muito brusco, diminuir a velocidade mesmo so quando ja estiver bem encaminhado na exit. Dirigi por 2 anos nos USA e nunca fiz isso.

No final do teste, a instrutora virou de lado e disse “voce passou, mas voce eh um last minute breaker, por favor quando for dirigir nao espere tanto para frear”. Bem que percebi que ela estava meio tensa do meu lado…

Adendo: Vi em alguns blogs que tem pessoas, inclusive aqui em Ontario, que precisaram fazer traducao da carteira, nao sei se eh somente em Ottawa entao, na Embaixada emitem um documento que eh a traducao da carteira falando quantos anos de direcao no Brasil voce ja tem. Todo mundo que conheco fez desse mesmo jeito e ninguem teve problemas.

Outra coisa, fiz as provas no DriverTest da Canotek e nao esperei um minuto sequer.

Advertisements

5 Responses

  1. Que beleza Carlos… agora tá pronto pra barberiar por aí… hehehe (brincadeirinha!!)
    Parabéns!
    Bjos

    • Pois eh, agora so falta o carro! hehe
      Que por enquanto ainda nao esta nos planos, ja que nao precisamos de um.
      Mas agora ja podemos alugar uma minivan e fazer uma viagem daqui pra Vancouver dirigindo e revezando motoristas!
      Bjo

  2. Beleza! Parabéns! Uma perguntinha: Aí também é permitido avançar o sinal vermelho para dobrar para a direito, exceto se tiver uma placa de proibição?

  3. Oi!

    eu tinha lido o seu post essa semana e fui com fé que não precisava da tradução da carteira. Lendo com atenção aquele mesmo link tá escrito assim:

    – All applicants for an Ontario driver’s licence at the time of application are required to;
    – present a valid foreign driver’s licence (if it is not in English or French, it is to be accompanied by a written translation from a qualified translator)
    – present written authentication of their foreign driving experience from the originating licensing agency, or from the Embassy, Consulate or High Commissioner’s office representing the jurisdiction, in order to get credit for their driving experience.

    Eu tentei jogar verde, mas não deu. Li em outro blog que alguns lugares realmente aceitam só o papel do consulado. Vi o blog de uma pessoa que foi em 3 test centers tentar sem a tradução, perdeu um tempão e não conseguiu. Resolvi fazer a tradução direto e pronto.

    Acho que vai bem do oficial que te receber, pois o papel do consulado é praticamente uma tradução, a única coisa que não tem lá é o nome dos pais e o número do seu RG (tentei argumentar isso com o cara mas não deu)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: