Ultimo dia do ano e o que vem por ai

Happy food

Para nao quebrar a “tradicao”, esse ano fomos almocar novamente no Banc Sushi no dia 31 de Dezembro. O clima estava tao agradavel que a caminhada de uns 10 minutinhos foi super-agradavel e feita com roupas de comeco de outono.

7 graus positivos!

Para ter uma ideia, as temperaturas do lado oeste no momento que escrevo sao -17 em Calgary, -21 em Winnipeg e -1 em Vancouver. Aqui em Ottawa fazem 7 graus positivos, em Montreal 4 e Toronto 9. Lucky us! A noite ja sentimos calor e tivemos que dormir com a janela aberta. Agora de dia a janela e a porta da sala estao abertas, se eu tivese churrasqueira daria pra fazer ate um churrasquinho de reveillon.

Break do inverno, neve derretendo

Para o blog em 2011, pretendo comecar uma “campanha”: venha pra Ottawa voce tambem. 90% dos brasileiros escolhem como destino Montreal, Toronto, Vancouver e Calgary. Ottawa geralmente nem eh lembrada e/ou considerada. Pretendo falar mais de Ottawa e “porque de Ottawa ser uma boa opcao”, mas falarei dos pontos negativos tambem claro.  Talvez o proximo post ja seja o ponta-pe inicial.

Fazendo o balanco do ano que passou, nao temos do que se queixar ate aqui, depois de pouco mais de um ano de Canada. A Claudia ter conseguido sair dos sub-empregos e encontrado um bom trabalho por conta propria, sem indicacao, ja foi por si so uma grande conquista. Mas para 2011, ano novo, vida nova, literalmente falando. Nosso baby nascera em julho e ate la espero ter entrado no mercado de trabalho canadense tambem, agora que meu curso terminara em fevereiro.  Claudia falou que acha que vai ser a primeira virada de ano em que nao fara um desejo. Estamos gratos a Deus, nao temos (quase) nada o que pedir.

Um otimo 2011 para todos! O melhor ainda esta por vir…

Ausencia, ferias e Natal

Nao o blog nao acabou. Final de ano eh sempre uma epoca complicada e muito dificil de manter a rotina. Tem tambem os novos elementos adicionados ao dia-a-dia: ja fizemos um ultra-som, exames de sangue e duas consultas com a obstetra e nas primeiras semanas de janeiro ja tem mais consulta e ultrasom. O acompanhamento do Hospital tem nos surpreendido.  Fora isso, ainda tiveram minhas provas finais e festas de natal.

Estou de ferias do curso desde o dia 17. Quando voltar dia 3 de janeiro ja sera a reta final, restando apenas 7 semanas.

O frio ta forte por aqui, mas natal com neve de verdade, ao inves de bolinhas de isopor, eh bem melhor! Esse videozinho fiz na ultima vez que nevou ha pouco mais de uma semana atras.

Sobre o Natal. Querer mesmo, eu acho que quase todo mundo preferia estar no Brasil ao lado do resto da familia nessa epoca. Mas ao pensar nas filas nos aeroportos e o preco da passagem quase impraticavel ja da pra pensar duas vezes. Ainda assim tivemos um Natal bem movimentado, foram 2 jantares (para a Claudia) e 2 festas! Os dois jantares foram oferecidos por empresas que fornecem equipamento a clinica em que a Claudia trabalha, os sujeitos voaram de Toronto so para o jantar. O primeiro era permitido acompanhante, gostei bastante da Steak House. O segundo como era numa Steak House top de linha era so para os funcionarios e a Claudia foi sozinha. Alugamos um carro pro periodo natalino, ficar indo pra la e pra ca nessa epoca de onibus em Ottawa eh uma tortura. Sabado 18 teve festa na casa do patrao da Claudia, com direito a amigo secreto, catering e karaoke. Um dos presentes que a Claudia ganhou do chefe eu ja estou quase tomando, ja coloquei ate livro para ler:

E pra fechar a temporada, nosso Natal brasileiro na casa da Adri & Diego, com Carol & Luciano e  Raul & Marcela. Tudo estava uma delicia, da ate fome quando olho as fotos. Chegar a um acordo para as regras do amigo secreto foi quase tao dificil quanto negociar a paz mundial! hehehe Noite divertida, obrigado a todos pela companhia e aos anfitrioes que sempre nos recebem tao bem. Os pontos altos da noite foram o pastel surpresa que a Adri fez e o clip musical de natal que nao tenho autorizacao (nem acesso) para publicar…hehehe

Great news!

Faz um bom tempo que nao escrevo, mas esse post sera pessoal e nao informativo, se me permitem.

Ha pouco mais de um ano atras eu estava passando por um desses momentos dificeis quando descobri que tinha cancer. Nao era cancer terminal, mas de qualquer forma, so em saber que voce tem uma bomba-relogio dentro de voce nao eh facil e da a medida de sua finitude. Na mesma epoca do ano passado,  a morte rondava. Esse ano a mensagem eh vida.


Ta pequenino ainda, mas ja deu pra ver o coracaozinho batendo. Eh tudo meio surreal ainda, apesar de ter sido planejado (queriamos desde antes sair do Brasil), demora para a ficha cair, mas ja me sinto pai.  Eu nao sei exatamente o que falar, o que posso dizer eh que estamos muito felizes e o ano que vem promete!

Para quem interessar, a Claudia fala mais no blog dela.