Comprando uma casa (finale)

Um ano sem escrever aqui! Achei que seria um bom momento para voltar. Mas ja faz tanto tempo que nao apareco por aqui que ate os blogs ao lado estao desatualizados, de uns 20 so 2 ou 3 ainda estao ativos. Em breve vou ver se atualizo os links.

Enquanto isso nem sei por onde comecar para concluir a terceira e ultima parte do post sobre compra de casas, ja perdi o fio da meada ha muito tempo, nem sequer encontrei meus rascunhos. Mas vamos la:

Mais sobre o mortgage

O governo estipulou um novo prazo de amortizacao maximo de 25 anos, que ja foi um dia 35 e estava ate meio do ano passado em 30 anos. O governo fez isso como tentativa de desaquecer o mercado imobiliario e deu certo, porque isso significa que as prestacoes ficam maiores e menos acessiveis a populacao. O mercado esta bom para quem quer comprar, pois tera maior poder de barganha e mais ofertas de casas. Pode ser um pouco confuso para quem nunca lidou com isso antes, entao vou explicar a diferenca entre amortizacao e termo. Amortizacao eh o tempo que vai levar para voce pagar a sua casa,  voce quem escolhe apenas observando o tempo maximo de 25 anos, quanto maior o prazo de amortizacao mas vai demorar pra quitar a casa, porem a prestacao sera menor. Ja o termo eh o contrato que voce fara com o banco, que pode ser de 1 a 10 anos, mudando o juros de acordo com o prazo escolhido. O mais comum  – geralmente os bancos oferecem “promocao” para essa faixa – eh fazer na faixa de 5 anos. O que acontece quanto acaba o termo? Voce refinancia a casa, ou renova com seu banco atual ou se receber uma oferta mais vantajosa muda para outro banco. Nao eh um bicho de sete cabecas, mas nao da pra prever quanto sera a taxa de juros em 2, 3 ou 5 anos, por isso muitas pessoas acham mais seguro pegar o termo o mais longo possivel. Ja outras pessoas escolhem um juros um pouco menor e fazem so por 2 ou 3 anos e arriscam depois disso ter que pagar um juros maior. Enfim, eh uma questao de tatica de investimento e conhecimento de mercado, com uma boa pitada de sorte.

Oferta firme

Com o contrato de compra e venda aceito e assinado de ambos os lados, seu advogado entra em cena. O corretor vai perguntar se voce ja tem um advogado ou recomendar um e entao envia-lo uma copia do contrato. A mesma coisa com mortgage broker ou banco, eles vao perguntar quem sera seu advogado e entao enviar a documentacao do mortgage, porque aquela papelada toda que voce assinou no banco eh apenas um acordo de intencao incial do mortgage, a papelada pra valer mesmo quem faz eh o advogado (ou melhor, o assistente).

Inspecao

Geralmente se o corretor for bom, constara no contrato de compra e venda uma condicao para inspecao feita por um inspector profissional com sua presenca, alguns dias antes do “closing date”, o dia da sua posse.

Closing Date

Uma duvida recorrente para marinheiros de primeira viagem, quando recebo as chaves? Recebo quando for assinar a papelada com o advogado? Nao, as chaves sao repassadas ao cliente no “Closing Date” que consta no contrato de compra e venda. Os clientes se encontram com o advogado pelo menos uma vez, para assinar a papelada do mortgage e demais documentos de compra e/ou venda (prepare o pulso!), verificar identidade (requisicao do banco que empresta o dinheiro), trazer o resto da grana (fees do advogado, entrada da casa e ajustes no preco com relacao a property taxes and so on) e etc. Tudo isso eh feito dias antes do Closing Date, alguns advogados fazem de vespera (dependendo do banco, alguns exigem receber esses documentos no minimo uma semana antes de liberarem a grana), outros gostam de fazer com certa antecedencia na medida do possivel, porque mesmo tentando nao deixar pra ultima hora, as vezes nao tem o que fazer, tem muitas partes envolvidas. Ja recebi mortgage instructions de bancos ate dois dias antes do closing date. No dia do closing date o advogado do vendedor manda a chave e documentos assinados pelo cliente dele por courier de manha cedo e o advogado do comprador espera o banco depositar o dinheiro do mortgage na conta do advogado. Com o dinheiro na conta o advogado obtem os certified cheques exigidos pelo advogado do vendedor e manda tambem por courier com demais docs pro outro advogado. Uma vez que todo mundo esta feliz, o advogado do vendedor libera a transferencia do imovel (cartorio eh online, com procedimentos de ambos advogados, o registro de imoveis so fiscaliza) e o advogado do comprador registra o imovel. So entao as chaves podem ser entregues ao cliente, geralmente no fim da tarde, o meu recorde foi 13h. Se por algum motivo nao nao ocorrer (o banco nao liberar o dinheiro a tempo, por exemplo) pode se pedir uma extensao para o dia seguinte e normalmente isso eh feito sem problema. Chaves nas suas maos, a casa eh sua. Nao, ela nao eh do banco, ao contrario do que alguns pensam, do banco eh sua divida, a casa em si eh registrada no seu nome, com um mortgage em favor do banco.

Comprar casa nao eh pra todo mundo

Ao contrario do que possa se pensar, comprar uma casa/apartamento nao eh vantagem para todo mundo. Do ponto de vista financeiro, muitos tomam como certo que comprar casa eh vantagem, mas isso nao eh uma verdade absoluta e existem excecoes. No geral, os gastos a mais que temos com uma casa prorpria comparada a quando pagamos aluguel, sao compensados a longo prazo com a apreciacao da casa. Acontece que o mercado imobiliario eh instavel, agora mesmo estamos no inicio de um periodo de estagnacao que ninguem sabe quanto vai durar, o que significa que eh bom para quem comprar e ruim para quem quer vender. Entao a compensacao financeira que viria no decorrer de tres ou quatro anos num mercado bem aquecido, num mercado estagnado ninguem consegue prever, podem ser de 5 a decadas, dependendo se houver retracao de mercado e outras variaveis.

Para quem gosta de mudar muito e/ou nao tem certeza de onde quer morar ou nao pretende passar mais que 5 anos num bairro/cidade, eu nao recomendo comprar uma casa e sim ficar com o aluguel mesmo. Ainda tem a questao do mortgage que voce assinou com o banco. Se voce quebrar o contrato, ou seja, decidir vender o imovel antes do termo que acordou com o banco (geralmente na faixa de 5 anos), prepare-se para pagar uma multa gorda. So pra ter uma ideia, da ultima vez que verifiquei com meu banco, pagaria proximo a 10 mil dolares de multa se vendesse a casa ha uns meses atras. Sim, se estiver vendendo a casa e comprando outra, e portanto pegar um mortgage igual ou de maior valor, o banco nos isenta de qualquer multa, mas se quiser so vender mesmo antes de concluir o termo, nao tem como fugir da multa.

 

Bom, eh isso, acho que nao esqueci nada, esqueci?

Advertisements

Primeiros passos

Oi gente!

Esse eh meu primeiro post aqui no blog. Todo mundo que passa por aqui sabe que estamos em Ottawa a quase um ano e tem acompanhado um pouco sobre como eh a vida aqui na capital canadense atraves dos posts do Carlos. A partir de hoje eu vou tentar aparecer por aqui toda sexta feira, entao isso aqui eh o inicio do que podemos chamar de “coluna da Claudia”, a perspectiva feminina sobre os fatos. ;c)  

Como o Carlos nao podia deixar de dar o ar da graca (ate pq o blog eh dele, ne?), ele pediu pra avisar que o post sobre custo de vida ainda nao esta pronto mas ate amanha ele sai do forno. Alem disso ele fez uma participacao especial no topico sobre telephone que voces lerao daqui a pouco.

Mas vamos ao que interessa. Eu quero levantar um asunto que ainda nao apareceu por aqui e que eh bem importante na vida do imigrante recem chegado: os primeiros passos. Claro que esse post sera bem mais util pra quem esta vindo pra Ottawa, mas os que estao indo para outras partes do Canada podem adaptar o passo a passo de acordo com a cidade.

Nós chegamos aqui sem conhecer nada nem ninguém, a cidade era uma novidade, mal sabíamos por onde começar e é claro que algumas vezes nos sentimos meio perdidos e confusos. Para tentar facilitar a vida dos que ainda vao chegar, segue um apanhado do que aprendemos ao longo do caminho.

– A primeira coisa que voce deve fazer quando chegar eh dar entrada no SIN card. Nos tiramos os nossos na prefeitura (Ottawa Government Service Centre – 110 Laurier Avenue West, Ottawa, Ontario) mas existem varios outros locais onde voce pode aplicar pro seu, confira nesse site: http://www.servicecanada.gc.ca/cgi-bin/hr-search.cgi?ot=&ln=eng

– Para aqueles que, como nos, nao fizeram HSBC Premier, escolha o banco da sua  preferencia, agende um horário com o gerente e tente abrir sua conta, já que voce não vai querer passar dias com o seu suado dinheirinho dentro de casa. Nao tivemos sorte no primeiro banco em que entramos, pois ainda nao tinhamos PR Card nem comprovante de residencia, entao na verdade nao conseguimos fazer isso logo no primeiro dia – mas bem que tentamos! Conseguimos abrir nossa conta no TD Canada Trust ( http://www.tdcanadatrust.com/ ) alguns dias depois, sem muita burocracia, e estou bem satisfeita com os servicos prestados pelo banco ate hoje, quase um ano depois. De acordo com a nossa experiencia o TD é o banco que tende a ser mais “simpático” e flexível com os imigrantes recem chegados. Mas entre no que mais te agradar e veja como é a recepção (alguns dos principais bancos além do TD: BMO, RBC, CIBC, Scotiabank).

( Comentario do Carlos: O CIBC tem um conta direcionada pra o imigrante, nao lembro se qdo chegamos ja tinha ou foi lancado depois (  http://www.cibc.com/ca/newcomers/index.html ).  No  meu ponto de vista ,o tratamento vai variar muito de uma agencia pra outra, ate no mesmo banco, entao se nao gostar do atendimento num lugar eh so ir procurar noutra agencia. )

– Compre um celular, mesmo que seja um pré pago, o mais rapido possivel. Ele será necessário na busca de um local pra morar (na maioria dos casos tem que agendaR as visitas), para seu gerente to banco te localizar, para falar com o YMCA e agendar qualquer outra coisa que voce precise agora no inicio. E é claro, procurar emprego. Nos decidimos comprar um IPhone. Eu sei, pesa no bolso de um recem chegado, mas pra mim valeu a pena cada centavo que investi nele. Principalmente pelo GPS e Google Maps, que me tirou de varias enrascadas e me informou direitinho como chegar aonde eu queria ir, inclusive dizendo qual o onibus que eu tinha que pegar. Uma mao na roda! No nosso caso, o melhor plano que encontramos foi o da Rogers ( http://www.rogers.ca/ ), mas aqui em Ottawa existem outras opcoes de companhias, como Fido, Bell e Wind.

(Comentario do Carlos:  A Wind eh a opcao mais barata de todas, mas tem opcoes limitadas de aparelhos – nao tem IPhone, por exemplo. Plano ilimitado de minutos  dentro da provincia por $35 e entre todas as cidades cobertas “canada wide” por $45. So cobre as areas de GTA, Ottawa, Vancouver, Edmonton e Calgary. Fora dessas areas tem cobertura mas paga-se pelo uso adicional.)

– Comprar um computador. Eu diria que a internet, assim como o cellular, tambem eh uma ferramenta essencial na busca de moradia e emprego. Se voce nao pretende comprar um computador logo de cara voce tem a opcao de fazer a carteirinha na bibliteca mais proxima ( http://biblioottawalibrary.ca/ ). Com a carteirinha voce tera acesso a toda a estrutura de qualquer uma das bibliotecas da rede, incluindo computadores, internet, impressoras… Como nos trouxemos nosso computador do Brasil, ate hoje nao tiramos a carteirinha da biblioteca, esta na minha “to do list” Ha quase um ano… Uma segunda opcao eh utilizar os servicos gratuitos do YMCA (vou falar melhor sobre isso no post que vem), que tambem oferece computador com internet e impressora.

Pra esse post nao ficar gigantesco, eu vou parando por aqui. Mas a lista nao terminou ainda, a gente ta so na metade! Pois eh, pensa que vida de imigrante eh facil?! Pois passe sebo nas canelas, que os primeiros dias sao uma correria so! E a gente continua a maratona no proximo post, sexta que vem.

Beijos e bom fim de semana!

HSBC

Algumas pessoas me perguntam sobre o HSBC, se abrimos conta ou se vale a pena abrir. Sobre valer a pena fica dificil responder simplesmente sim ou nao, vai depender do seu proposito e de sua disponibilidade financeira. Nos nao abrimos e vou explicar os motivos.

Pre-requisitos:
Em primeiro lugar vem a questao basica do negocio: eu sou elegivel? Para abrir uma conta Premier, a que permite que voce opere entre sua agencia brasileira e a canadense, voce tem que ter(comprovar) uma renda minima de R$5000,00 por mes ou ter um montante investido de R$50.000 ou mais. Como eu me dei um periodo sabatico durante o tempo que esperei pelo processo, nao tinha essa renda e todo meu capital investido nao chegava ao valor minimo exigido. Alem disso a tarifa eh cara, R$45 sao algo em torno de Can$26 e eu – assim como a maioria das pessoas – nao pago nada por minha conta e cartao de credito do banco no Canada. Para ser isento dessa taxa no HSBC voce tem que manter esse capital aplicado, entao mesmo se eu tivesse esse valor nao poderia dispor do meu dinheiro se nao quisesse pagar a tarifa mensal da conta.

Historico de Credito:
Esse eh o motivo pelo qual a grande maioria das pessoas abrem a conta Premier. Eh um assunto polemico e sempre muito discutido nas listas de imigracao e no final ninguem chega a conclusao nenhuma. Principalmente porque os proprios funcionarios(nao todos) do banco garantem que sua conta no HSBC vai contar para seu Historico de Credito. O problema eh que eu confio mais em vendedor de camelodromo do que em funcionario de banco.

Sem entrar em detalhes sobre essa situacao especifica, ja perguntei a funcionarios do banco onde tenho conta, o TD Canada Trust, e me afirmaram que sem o SIN number nada de historico de credito. O SIN number eh o equivalente ao nosso CPF e so pode ser tirado estando em solo canadense. Seu Historico de Credito eh atrelado ao SIN number. Nos USA eu sei que eh assim mesmo e que isso eh impossivel, ate tirar seu “CPF” (la chamado de Social Security Number) voce nao existe para o sistema financeiro. Desta forma voce estaria tao somente criando um historico de credito especifico junto ao HSBC e nada mais, no momento que voce sair para o sistema financeiro seu credito eh zero. Por outro lado, ja teve quem me disse que eh possivel contar para o credito no Canada, pois existe a possibilidade de criar um historico de credito sem o SIN number e no momento que voce obtem esse documento eh criado outro historico de credito paralelo sem conexao entre os dois, mesmo sendo da mesma pessoa. Ainda segundo essa fonte, ao contrario do que se imagina, a iniciativa tem que partir de voce para requerer a unificacao dos dois historicos, mas nao soube informar como proceder a partir dai. O problema eh que nao sei se isso procede e, mesmo que tenha fundamento, ainda tem essa questao pratica de unificacao dos historicos que pode funcionar ou nao. Eu nao arriscaria tanto trabalho por nada. Alem de tudo, construir alguns meses o seu credito antes de sua chegada em solo canadense nao mudaria muita coisa no historico efetivamente. A funcionaria que abriu minha conta no banco me deu um prognostico nao muito bom para quem tem pressa, pelo menos uns 2 anos pagando em dia todas as contas(eu pago adiantado just in case), nao chegar muito perto do limite do cartao de credito, nao aplicar para financiamento, outros cartoes, emprestimo ou mesmo ficar checando a situacao do seu historico, pois cada vez que uma dessas situacoes ocorrem automaticamente voce perde pontos.

Enfim, para concluir, poucos meses a frente nao serao suficientes para voce comprar um carro financiado na concessionaria, por exemplo. Se voce tentar vao negar o financiamento e de quebra ainda vai perder uns pontinhos suados no seu historico. Ter pouco credito e nenhum da no mesmo. E para o futuro, quem se virou sem credito e esperou 18-24 meses pode esperar tambem 24-30 meses. E aqui entra um ponto de vista mais pessoal ainda: acredito que para qualquer investimento maior(mobilia decente, um bom carro, comprar um imovel) esse eh o tempo minimo que voce deve esperar de qualquer maneira. Pois so depois disso voce vai estar com o conhecimento necessario para um bom poder de decisao, saber se voce pretende ficar nessa cidade mesmo(e aqui nao eh so questao de gostar, mas de emprego tambem), quais os bairros que voce gostaria de morar, se ficaria perto do seu trabalho(que voce nao sabe qual vai ser daqui ha 2 anos), etc, etc. Mesmo que voce ja tenha passado pela cidade, fazer turismo eh bem diferente de residir.

Burocracia e outros bancos:
Se voce espera abrir a conta no HSBC pra ser uma coisa a menos para resolver no Canada porque  quer evitar stress eh melhor deixar para abrir a conta por la mesmo. Principalmente se voce ja nao eh correntista do HSBC e nao mora em SP, que se nao me engano eh somente quem faz a ponte Brasil-Canada. As agencias de outros estados sao mal informadas e dao muitas informacoes desencotradas. Ate mesmo em SP eles dizem coisas que nao batem com a realidade, sendo necessario entrar em contato direto com o Canada para resolver detalhes. Dito isso, nao toma muito tempo abrir uma conta em banco no Canada, voce pode escolher o banco que lhe oferecer as tarifas melhores(ou nenhuma) e que tem bastante agencias espalhadas pela cidade e pelo resto do pais. Quanto ao cartao de credito voce pode conseguir um sem problemas com o limite que quiser, mas com security deposit. Isso nada mais eh do que o valor do limite do seu cartao de credito aplicado numa conta de poupanca por um periodo (leia-se ate confiarem em voce). Ora, quem tem dinheiro para possuir uma conta Premier nao tera problema nenhum em deixar uma pequena quantia(comparada aos R$50 mil equivalentes a aproximadamente Can$30 mil) paradinho numa poupanca.

Vantagens:
A unica vantagem que vejo eh se voce tiver muito dinheiro e/ou pretende movimentar dinheiro entre os dos paises. Sendo assim, ficar viajando com muita grana nao eh muito aconselhavel, mesmo que seja dividido entre cash, visa travel money e traveller checks(que estao caindo em desuso) como eu fiz. Eh ate desconfortavel andar com isso tudo naquelas bolsinhas junto ao corpo. Eu pensaria em abrir uma conta Premier se fosse viajar com mais de $40 mil dolares para um casal. E isso se for possivel tao logo chegar no Canada abrir conta em outro banco e apos transferir o dinheiro encerrar a conta. Agora, se voce pretende vender um imovel no Brasil e quer transferir esse dinheiro, acredito que abrir a conta no HSBC sera a melhor alternativa e eh o que eu pretendo fazer num futuro nao muito distante.